sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Organizando seus brincos


   Seus brincos andam todos jogados, você nunca acha o par deles, perde a tarracha ou compra 500 do mesmo tipo simplesmente porque não lembra de já ter outro parecido?

   Se você se identificou com alguma dessas afirmações (ou todas!), está na hora de colocar seus brincos em ordem, cara amiga...

   Você vai precisar de:
- Bastidor de bordar (é essa "moldura" redonda em madeira - do tamanho que você preferir);
- Etamine (aquele tecido para ponto cruz, que tem furinhos. Precisa ser um pouco maior que a moldura);
- Tesoura;
- Seus brincos;

   Como fazer:

- Forre o bastidor com o etamine conforme a figura abaixo (a cola é opcional). Se vocês aceitam uma sugestão, indico que utilizem etamine colorido (jamais o branco). Porque com o passar do tempo, o etamine branco vai ficar encardido e você terá todo trabalho de trocá-lo. No meu caso, usei bege, assim se sujar eu não vou notar...


- Corte o excesso de etamine;
- Agora é só colocar seus brincos de forma organizada... Sim, é só isso... Mais fácil, só se eu fizesse pra você!

Frente (sim, eu coloquei os brincos "tortos")

Verso

Você pode usar a mesma ideia para organizar broches/bottons.

Me defina em três palavras (olhando meus brincos): strass, laços e pérolas... =p

Fonte:
Passo a passo (forrar bastidor): Vida Pechincha
Imagens: Arquivo próprio

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Feng Shui: a arte de harmonizar ambientes



“Nada guarde em casa que não seja útil ou belo”. (William Morris)


   O Feng Shui é a arte de harmonizar ambientes. Tem origem chinesa assim como a acupuntura e o tai chi chuan. Feng significa “Vento” e Shui “Água”.
   O verdadeiro especialista em Feng Shui na China iria pessoalmente conhecer a sua casa, os habitantes que nela vivem (inclusive data, hora e local de nascimento de cada um), procuraria saber a história do terreno e de seus antigos habitantes para traçar se você e sua casa são compatíveis, se você não acabará adoecendo morando num lugar que não é auspicioso ou, no caso de uma empresa, indo a falência. (CRAZE, 1998).
   A partir da compatibilidade existente entre morador/casa sugeriria as cores adequadas para cada cômodo, a disposição dos móveis, a colocação das plantas e etc para conseguir harmonizar a energia dos diferentes elementos presentes na residência.
   Acredito que não precisamos saber os elementos regentes de cada setor do Ba-guá para aplicarmos o Feng Shui em nossas residências. Segundo Spear (2000), devemos estar equilibrados como nossas casas. Partindo desse princípio, nossa casa é um reflexo do que somos. Quando a vida não é como gostaríamos, nos sentimos sobrecarregados ou confusos uma ótima opção para colocarmos nossa vida em ordem seria conseguir fazer uma bela faxina em nossas casas – pois estaríamos fazendo uma limpeza em nós mesmos.
   Aproveite que o ano está acabando e faça uma faxina completa em sua vida. Separe aquilo que lhe é útil daquilo que você guarda e não usa há anos. Guardar coisas que não tem serventia faz a energia estagnar e a energia sempre precisa fluir. Além de arrumar sua casa, aproveite durante a faxina pra repensar porque você guarda aquelas coisas, que sentimentos estão presos àqueles objetos... Será que não está na hora de deixar as coisas fluírem?
   Dos objetos classificados como “inúteis” veja quais podem ser doados e quais realmente vão para o lixo. Procure algum lugar que possa receber suas doações.
   Se você estiver querendo mudanças drásticas em sua vida aproveite para mudar os móveis de lugar, pintar a parede, colocar um arranjo de flores diferente... enfim, mude!
   Já dizia Gabriel Pensador “Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente”.


Referências

CRAZE, Richard. Feng shui: a arte milenar chinesa da organização do espaço. 8. ed. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1998. 117 p.

SANTOPIETRO, Nancy. Feng shui: harmonia dos espaços. Rio de Janeiro: Ed. Nova Era, 1998. 277 p.

SPEAR, William. Simplificando o Feng Shui: criando o design de sua vida com a antiga arte do posicionamento. Rio de Janeiro: Ed. Bertrand Brasil, 2000. 232 p.


Fonte:
Imagem: Athman

Obs: Post publicado originalmente no Blog da Athman: Naturologia, Saúde e Beleza, em 8 de dezembro de 2010

sábado, 22 de dezembro de 2012

Chaveiro ou Colar de Sal grosso


   Já que estamos no final do ano, rola toda aquela "vibe" de querer atrair bons fluídos para o próximo ano, se purificar e se proteger das "urucubacas" da vida.
   Então, nada melhor que andar por aí com um chaveiro ou colar de sal grosso.
   Eu sei que está na modinha e que você encontra para vender de diversos estilos por R$10,00 em qualquer esquina da cidade...
   Mas não existe nada melhor, quando se fala de amuletos, que você faça o seu próprio (ou faça para as pessoas queridas) mentalizando coisas boas para o presenteado...

   Bora arregaçar as mangas?

 Você vai precisar de:
-  Alicates (de corte e de bico redondo);
- Mosquetão (no caso de ser um chaveiro);
- Corrente de bolinhas (ou de outro modelo que você preferir) e seu respectivo fecho (o tamanho depende se for um colar ou um chaveiro);
- Chapeuzinho (não sei como chama, ahahaha! É uma peça que vai dar acabamento para a rolha);
- Argolas;
- Sal grosso;
- Cola pra bijuteria;
- Mini frascos;
- Mini rolhas 


Lista de materiais


 1) Encha os vidros com o sal grosso (coloque um papel embaixo, porque vai escapar sal). Não encha demais, pois ainda tem que ser colocada a rolha;

 2) Coloque a rolha e sacuda o frasco. Pode ser que você tenha que acrescentar mais sal, caso ele não tenha assentado direito;

 3) Passe a cola de bijuterias no tal "chapeuzinho";

 4) Encaixe o "chapeuzinho" na rolha e espere secar;

 5) Corte a corrente no tamanho desejado com a ajuda do alicate de corte;

 6) Coloque uma argola no "chapeuzinho" com o alicate de bico redondo;

 7) Encaixe a corrente na argola;

8) Como nesse caso estou fazendo um chaveiro, coloquei o mosquetão. Quem estiver fazendo um colar, pule essa parte e já arremate (fechar a corrente).


 Seu patuá está pronto para lhe proteger de todo mal... AMÉM!



Fonte
Imagens: Arquivo próprio

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Como chegar linda ao seu destino de viagem


  Conversei com a jornalista Karen Pegorari Silveira sobre o tema "Como chegar linda ao destino: dicas básicas sobre produtos práticos de beleza e também sobre alimentação adequada antes e durante viagens de carro e avião. Incluindo uso da água termal, por exemplo, uma arma poderosa de hidratação em voos mais longos".
  Essas são minhas dicas:

  * Produtos práticos de beleza (antes e durante viagens de carro e avião):
  - Filtro Solar: É imprescindível a utilização de filtro solar durante o dia inteiro (mesmo em lugares fechados e cobertos como os aviões), e mesmo nos dias nublados ou com chuva (viagens de carro). Usar, no mínimo, 3 vezes ao dia.

  - Hidratante: Procure utilizar um hidratante adequado ao seu tipo de pele, pois a falta dele deixa nossa pele com aspecto ressecado e com a sensação de repuxamento (dentre os fatores que ressecam a nossa pele estão o ar-condicionado, vento e sol em excesso). Para os que estão dirigindo, é importante a utilização de filtro solar e hidratante nas mãos, pois eles previnem o envelhecimento precoce.

  - Água termal: Ajuda a hidratar a pele e minimiza a aparência de cansaço (devido as longas horas de viagem e/ou noites mal dormidas).

   A água termal é um tipo de água de origem subterrânea (derivada das gotas de chuva absorvidas pelo solo), rica em minerais e oligoelementos, que retornam à superíficie em fontes com temperaturas de 35 a 54°C.
  Por ser rica em minerais e oligoelementos (como cálcio, ferro, zinco, magnésio, entre outros), a água termal nutre, hidrata, refresca e acalma a pele, sendo indicada para pessoas que passam muito tempo em ambientes com ar-condicionado (no trabalho ou nas viagens de avião), após a depilação, depois de exposição solar, entre outros.
  O ideal é que seja utilizada de 2 a 3 vezes no dia, podendo ser carregada na bolsa ou armazeanada na geladeira para potencializar seu efeito calmante e refrescante.
  Pode ser utilizada no lugar do tônico/asdtringente, durante a higienização diária do rosto. É interessante que seja borrifada na face antes de se aplicar o hidratante, filtro solar e/ou maquiagem, pois a água termal ajuda a "segurar" todos esses produtos na pele por um tempo maior.

  * Alimentação adequada (antes e durante viagens de carro e avião):
Recomendo que as pessoas tomem cuidado com sua alimentação, nada de cometer excessos antes da viagem (comer feijoada, churrasco, etc) nem durante (comer salgadinhos fritos,alimentos que contenham frutos do mar, muitos gordurosos etc). Antes e durante a viagem bebam bastante líquido (água, principalmente), procurem ingerir bastantes frutas, verduras e sucos, comidas leves (de fácil digestão como frutas, barra de cereal, biscoitos integrais, sanduíche integral, etc).

Fonte:
Imagem - Downloads Wallpapers

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Cuidados com o pré, o durante e o pós-sol



  Há algum tempo a jornalista Marina, da Revista Estar Bem, me mandou um e-mail pedindo dicas sobre os cuidados com o pré, o durante e o pós-sol, tanto para corpo quanto para rosto
  Resolvi compartilhar com vocês o que conversamos:

  - Antes de encarar o sol do verão, como é possível preparar a pele do rosto e do corpo para não terminar a estação com a pele manchada ou ressecada?

  A beleza começa de dentro, por isso é interessante que antes de tudo a pessoa se alimente bem, coma alimentos ricos em betacaroteno (cenoura, abóbora, mamão), licopeno (tomate, melancia) e vitamina C (frutas cítricas) e E (óleos vegetais), principalmente. Esses alimentos fazem uma proteção interna contra os raios solares e ajudam a manter o bronzeado por mais tempo. Também podem ser utilizados os nutricosméticos (que tem a função de nutrir o corpo com concentrados de vitaminas na forma de cápsulas, balas, água com ativos e sprays, por exemplo).

  Um corpo bem nutrido, com as vitaminas e minerais corretos, pode refletir uma aparência mais jovem (pele mais hidratada, protegida; auxiliando a minimizar casos de gordura localizada, celulite, constipação intestinal entre outros).

  Deve-se evitar utilizar na pele produtos que contenha ácido em sua formulação (salvo exceções feitas por seu médico), pois são produtos que ressecam a pele e em contato com o sol podem manchá-la.
  E utilizar o filtro solar sempre, reaplicando várias vezes ao dia (de 2 em 2 horas), pois é ele quem previne o aparecimento de manchas e envelhecimento na nossa pele.


  - É aconselhável fazer esfoliação na pele do rosto ou no corpo antes de encarar o sol? Por quê? Que outros tratamentos são indicados?

  Sim, a esfoliação é indicada desde que tomados alguns cuidados. Ela tem a função de remover nossas células mortas, uniformizar a pele, mas ao mesmo tempo retira nossa proteção natural.   Por isso não deve ser feita no mesmo dia em que você resolve se expor ao sol (na praia ou piscina). Faça no mínimo 2 dias antes de ir à praia, por exemplo. Evite aquelas receitas caseiras que utilizam limão, pois a chance de você ganhar uma mancha é grande. Quando falamos de esfoliação facial devemos evitar os esfoliantes químicos, pois contem ácidos em sua formulação, e preferir as gomagens, os esfoliantes físicos, peeling de cristal e diamante. Para aquelas pessoas que não gostam de pegar sol, mas que utilizam autobronzeadores ou bronzeamento à jato a esfoliação é imprescindível, já que uniformizando a pele o bronzeado tende a durar por mais tempo.

  Uma coisa que muitas pessoas esquecem é que depois da esfoliação devemos hidratar a pele, pois com o afinamento da nossa camada córnea (a camada externa que protege nossa pele), conseguimos absorver melhor os ativos do creme hidratante. Procure um hidratante que você goste (tem pessoas que preferem em creme, outras em óleos, e há as que só conseguem usar na forma de fluído/loção). Grande parte dos hidratantes impede que a água evapore. Além disso, a hidratação é mais efetiva se for realizada logo após o banho, pois aquelas gotículas que ficaram na nossa pele são “atraídas”, e não evaporadas, fato esse importante uma vez que no verão transpiramos bastante, fazendo com que a pele fique ressecada e descame pelo excesso de sol, vento, ar-condicionado, água salgada e cloro. Ou seja, a hidratação também mantém seu bronzeado por mais tempo e deixa a sua pele com aspecto saudável. Devemos lembrar que a principal hidratação que fazemos é de dentro pra fora, então tome bastante líquido, principalmente água.

  Para as pessoas que tem pelos mais escuros ou que querem dar um tom mais dourado a eles recomendo o Banho de Lua. É um protocolo corporal que envolve esfoliação, clareamento dos pelos e hidratação. Pode ser feito 1 dia antes de se expor ao sol e o efeito dura de 20 a 30 dias.


  - Além do filtro solar, o que mais é indispensável nesta época do ano?

  Além do uso correto do filtro solar (aplicar 20 minutos antes de se expor ao sol e reaplicá-lo a cada 2 horas ou depois de se molhar/suar) e de tomar sol nos horários adequados (evitar o horário das 10 às 16 horas, quando a incidência de raios UVB (responsáveis pelo câncer de pele) é maior), é indispensável o cuidado com a alimentação, pois esse é um período do ano que temos 3 grandes festas no Brasil (Natal, Ano Novo e Carnaval), além do período de férias; e as pessoas, de uma forma geral, acabam cometendo excessos (na comida e na bebida). Minha recomendação é que as pessoas tomem cuidado com sua alimentação, bebam bastante líquidos (água, principalmente), procurem ingerir bastantes frutas, verduras e sucos, comidas leves (de fácil digestão) e usem roupas confortáveis nessa época do ano. Além disso, não tentem malhar/praticar exercícios físicos sem o auxílio de um profissional para recuperar o tempo perdido no inverno, pois você pode acabar comprometendo a sua saúde.


  - De que maneira o sol pode ser um aliado da pele do rosto no verão?

  O sol é um aliado quando falamos de obtenção de vitamina D pelo organismo e é a partir dela que fixamos o cálcio em nosso corpo. Entretanto ela só é obtida quando não estamos utilizando nenhum filtro (químico ou físico) na pele. Dessa forma, essa exposição para ser feita da maneira correta, deve ser realizada nas primeiras horas da manhã (7 horas) ou no final da tarde (19 horas) no horário de verão, durante 15 minutos.


  - Há algum horário em que dá para tomar sol sem filtro nenhum?

  Eu não recomendaria que ninguém se expusesse ao sol sem nenhum filtro (salvo no caso acima citado, sobre a obtenção da vitamina D nos horários corretos), pois não sabemos até que ponto a camada de ozônio tem realmente “filtrado” a ação dos raios solares. Devemos lembrar que estamos expostos diariamente a radiação UVA e UVB (mesmo em dias nublados, com chuva, dentro de casa, etc.) sendo imprescindível a utilização do filtro solar em todas as estações, climas, horários, etc. Segundo o INCA (http://www.inca.gov.br/estimativa/2010/index.asp?link=conteudo_view.asp&ID=2) o câncer mais comum no Brasil é o câncer de pele, então prevenção é fundamental.


  - Qual é o fator de proteção indicado para cada tom de pele (há diferença)?

  Os fototipos mais claros precisam de um fator de proteção maior, porque são os que geralmente ficam vermelhos e não bronzeiam (ou bronzeiam pouco e gradativamente), enquanto os fototipos mais escuros podem utilizar fatores de proteção mais baixos. Sugiro que peles claras/sensíveis utilizem FPS maior que 30 e peles mais morenas/escuras utilizem, no mínimo, FPS 15. Se sua pele possui tendência a apresentar manchas (sardas, melasma, etc) utilize fator de proteção maior (mesmo que sua pele seja morena), pois o sol agrava esse tipo de mancha.
  Lembrar também que o filtro solar que utilizamos no rosto é diferente daquele utilizado no corpo, pois são peles com características diferentes.


  - Para quem vai tomar sol com frequência, além da hidratação constante da pele, o que mais é possível fazer para não ressecar?

  Como foi falado anteriormente, muitos são os fatores que geram desidratação da pele no verão (sol, vento, cloro, água salgada, ar-condicionado). A principal maneira de mantê-la saudável é promover hidratação interna (através da água ingerida) e externa (hidratantes) e tentar evitar ambientes que geram esse ressecamento (praia, piscina, ambientes com ar-condicionado). Aproveite e tome banhos rápidos e gelados, pois a água quente e banhos demorados também agravam o problema. Utilize sabonetes neutros ou calmantes, pois sabonetes muito agressivos desidratam (principalmente a face). Evite também os produtos que contenham álcool (encontrado em alguns tônicos e adstringentes), pois eles promovem o ressecamento da pele.


  - Há algo que ajude a manter o bronzeado e prolongá-lo quando acabam os dias de sol? Como?

  A hidratação ajuda a manter o bronzeado, pois evita que a pele descame. Além disso, a pessoa pode fazer uso de autobronzeadores para permanecer com a cor que conquistou no verão. Para isso, deve-se realizar previamente uma esfoliação, principalmente em áreas de pele mais espessa de nosso corpo, como cotovelos e joelhos que tendem a ficar mais escurecidos, para promover um bronzeamento uniforme da pele.


  - Quais são as novidades nas clínicas de estética com relação à pele que são indicadas para o verão e por quê?

  A grande vedete do momento é o tratamento com Ultrassom Cavitacional, que muitos tem chamado de lipoescultura não invasiva. É uma técnica que promete lipólise (quebra da gordura). Outra técnica bastante procurada é a Radiofrequência, que promove aquecimento e reorganização do colágeno, sendo utilizada tanto em tratamentos corporais como faciais.

  Além disso, outros tratamentos que não saem de moda são:

  - Massagem modeladora manual ou com bambu e cremes hiperemiantes ou crioterápicos, que auxiliam na modelagem corporal;
  - Ultrassom: tratamento para a celulite, pois melhora a circulação sanguínea no local;
  - Drenagem Linfática: diminui retenção de líquido, edema (inchaço) e pode melhorar a celulite;
  - Endermoterapia: Auxilia na modelagem corporal e pode melhorar a celulite.

  O ideal seria realizar esses tratamentos antes do verão, para chegar à praia com tudo em cima. Mas, não sendo possível, eles podem ser feitos durante o verão mesmo.


  - Por outro lado, quais tratamentos devem ser agendados apenas para o inverno e por quê? Limpeza, peeling, o que dá para fazer e o que não dá?

  A limpeza de pele pode ser realizada no verão, desde que o cliente não se exponha ao sol nos próximos 2 dias, e que faça uso regular do filtro solar.
  O peeling químico é contraindicado, já que o que promove clareamento de manchas pode tornar a escurecê-las também se não forem tomados os devidos cuidados (principalmente com relação à exposição abusiva ao sol), por isso indico que seja realizado apenas no período do outono e inverno. Uma alternativa para quem quer esfoliar a face nesse período é a utilização de peeling de cristal ou de diamante. Como eles são realizados mecanicamente, promovem uma esfoliação homogênea e deixam a pele com aquela sensação de limpeza e revitalização (o cliente deve fazer 2 dias antes de se expor ao sol).
  Todos os protocolos de hidratação, nutrição e revitalização, tanto para a face quanto para o corpo, são indicados (desde que não contenham ácidos em sua composição). Outro protocolo que se pode realizar é o lifting cosmético, com ativos tensores. É interessante que se procure utilizar também máscaras calmantes, já que a pele é bastante agredida pelo bronzeamento nessa época.
  Todas as massagens são indicadas nesse período, uma vez que as pessoas estão cansadas (física e mentalmente) e precisam recarregar as energias. As que utilizam óleos essenciais também são recomendadas, para promover o equilíbrio físico e mental, desde que sejam tomados cuidados com relação aos óleos essenciais cítricos (que são fototóxicos, ou seja, em contato com a luz do sol podem manchar a pele).
  As drenagens linfáticas são recomendadas, já que nesse período do ano é comum sentirmos maior inchaço e cansaço nas pernas no final do dia, decorrentes do calor, dos longos períodos de compras (Natal) e das viagens. Além de ser uma massagem relaxante, que promove diminuição da retenção de líquidos, ela desintoxica o organismo e auxilia o sistema imunológico.
  As cirurgias plásticas devem ser evitadas nesse período (e feitas durante o inverno), pois no pós-operatório a pessoa deve evitar o sol, uma vez que se suas cicatrizes e equimoses (roxos) entrarem em contato com o mesmo pode acarretar em manchas. Da mesma forma, as depilações feitas com Laser, devem ser evitadas nessa época do ano.


  - De maneira geral, dê por favor dicas para cuidar bem da pele no antes, no durante e no pós-sol, tanto no que diz respeito à estética quanto à saúde.
  O ideal é que tenhamos, durante o ano inteiro, uma vida regrada. Alimentação saudável (com verduras, frutas, cereais integrais, carnes magras, diminuindo a ingesta de sal e açúcar), consumo regular de água (cerca de 2 litros por dia), prática de exercícios físicos, sono de qualidade (tentando dormir e acordar nos mesmos horários, no mínimo 8 horas por noite), cultivar momentos de lazer, fazer controle do estresse (ele é necessário em nossa vida, mas em excesso pode acarretar uma série de disfunções) através de práticas naturais como a aromaterapia, reflexologia, florais de Bach, reiki, massagens, acupuntura, entre outros; evite fumar e beber (além dos malefícios dos vícios, ainda são hábitos que geram radicais livres o que potencializa o envelhecimento da pele e do corpo), faça check-ups anuais.
  Quando falamos na estética facial, especificamente, é importante que tenhamos cuidados diários de higienização da face, com produtos adequados a cada tipo de pele, pois se utilizarmos erroneamente produtos de higiene, maquiagem ou protetor solar para um determinado tipo de pele pode alterar seu grau de hidratação e oleosidade acarretando o aparecimento de comedões (cravos) e pústulas (espinhas) ou ressecamento excessivo, principalmente.
  Enfim, cuide de si, pois todos os nossos hábitos de vida se refletem na nossa pele e no nosso corpo, de maneira positiva ou negativa, só depende de nós. 


Fonte:
Imagem - Getty Images

domingo, 16 de dezembro de 2012

Enfeite de Biscoito Ginger


 Que tal fazer Biscoitos de Gengibre nesse natal que não engordam?
  É só fazê-los de feltro.

 Os materiais, molde e passo a passo você encontra no "O Livro do Biscoito", p.18.
 Você pode usá-los como enfeite de árvore de natal, para incrementar as embalagens dos presentes e o que mais vier a sua cabeça.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Curso de Pedras Quentes - turma 3


Turma do Curso de Massagem com Pedras Quentes e Aromaterapia


  No último domingo (02/12/2012), tivemos mais uma turma participando do curso de Massagem com Pedras Quentes e Aromaterapia na Vitta Cosméticos.

  Agradeço a todas as participantes pela garra e empenho de participar do curso em pleno domingo. Foi muito bom trocar conhecimento com vocês!

  Em 2013 voltamos com mais cursos de estética e terapias complementares... Aguardem!


terça-feira, 20 de novembro de 2012

Dia da Esteticista


Dia da esteticista: 20/11 ou 18/01

Deixo aqui uma mensagem me "autoplagiando" (o discuro que fiz na formatura das alunas de umas das turmas de estética) e parabenizando todas as minhas colegas, alunas e ex-alunas esteticistas:

"Fazer nosso cliente voltar a u
tilizar uma roupa que não usava há tempo, ir à praia sem medo de ficar de biquini, poder diminuir a quantidade de maquiagem utilizada para cobrir imperfeições na face, fazê-los dormir melhor depois de uma sessão de massagem, entre outros, são pequenas felicidades que nós proporcionamos aos nossos clientes. São mini-sonhos que realizamos diariamente [...]

Lembrem-se que quando os clientes nos procuram eles desejam algo, trazem expectativas para dentro da nossa cabine estética. E cabe a nós, orientá-los e porque não, educá-los ou reeducá-los, com relação aos seus hábitos de vida e sobre os reais resultados que podemos alcançar no seu tratamento [...]".

Que vocês sempre se lembrem disso, do papel que desempenhamos enquanto esteticistas.

Parabéns pelo nosso dia!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Curso de Massagem com Pedras Quentes e Aromaterapia


Curso de Massagem com Pedras Quentes e Aromaterapia

* Ministrante: Lucilaine R. Stein
Naturóloga (Unisul) e Pós-Graduada em Estética Facial e Corporal (UNIVALI)
Docente no SENAC: Saúde e Beleza

* Público alvo: Estudantes e profissionais da área da saúde e beleza (Naturólogos, Fisioterapeutas, Esteticistas, Naturopatas, Massoterapeutas entre outros).

* Data: 02 de dezembro de 2012 (domingo) ÚLTIMA TURMA DO ANO!
* Horário: 9 às 12h e das 13h às 18h
* Carga horária: 8h
* Local: Vitta Cosméticos (Rua Felipe Schmidt, 515, loja 211 - Florianópolis/SC).


* Conteúdo programático:

- Histórico da técnica de massagem com pedras quentes;
- Fisiologia e temperatura;
- Ação, indicações e contraindicações da técnica;
- Noções de geologia;
- Tipos de pedras;
- Formas de aquecer e higienizar as pedras;
- Noções de chakras;
- Noções de reflexoterapia;
- Aromaterapia para potencializar a massagem com pedras;
- Sequência da massagem com pedras quentes (corporal);
- Prática da massagem com pedras quentes (corporal);

* Investimento:
  R$ 250,00 à vista (cheque ou espécie)
  R$ 265,00 parcelado (1+1 cheque)
  Obs: Esse valor inclui o Kit de pedras, apostila, certificado e coffee break

* Material necessário: Lençol, toalha de banho e toalha de rosto. Vestimenta adequada para receber e aplicar massagem.

* Informações e inscrições: vittacosmeticos@gmail.com
 (48) 3207-0122

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Blusa com pérolas

 

   Projetinho rápido pra incrementar qualquer blusa. No caso, a minha blusa veio com um bordado meio torto e queria melhorá-la.

Você vai precisar de:
- 1 blusa, camiseta ou o que desejar;
- Mini pérolas ou miçangas;
- Linha (da cor das pedras);
- Tesoura;
- Agulha.


 Como fazer:  

 Aqui os materiais separados;

 Simplesmente costure as pérolas ou miçangas nos locais que preferir...

 Projeto finalizado

    Vai dizer que você já viu algo mais fácil de fazer??

 Fonte Imagens: Arquivo próprio

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Conheça o Reiki

 "Reiki, é a arte secreta de convidar a felicidade" (Mikao Usui)

   Reiki é um sistema de técnicas criado no início do século 20, no Japão, por Mikao Usui, um monge budista. A tradução da palavra Reiki significa Rei: universo; Ki: energia, ou seja, Reiki é “energia vital universal”.
   Esse sistema de tratamento “tem como finalidade restabelecer a homeostasia física, mental e emocional, para que o processo de cura possa se instalar ou ser facilitado. Essa homeostasia é adquirida como reflexo da homeostasia energética do organismo”. (GARÉ, 2008).
   “O reiki é um sistema natural de cura, que através da canalização de energia “CHI” (energia divina) pelo reikiano e imposição de suas mãos, proporciona harmonização ao ser de forma integral, retorno ao seu estado primordial de equilíbrio, felicidade e, consequentemente, cura e saúde (TAVARES, 2002 apud SANTOS, 2005).
   “Baseado nos princípios budistas, o reiki prega a compaixão por todos os seres vivos, a não violência inclusive para com os animais, o amor sem apego e a ajuda ao próximo. Para Usui, era de fundamental importância que a energia curadora em nome do amor e da humildade fosse levada a várias pessoas para que estas aprendessem o método e se tornassem agentes multiplicadores. Popularizar o método era a sua proposta”. (TEIXEIRA, 2009)

   Princípios do Reiki:
- Somente por hoje não te preocupes;
- Somente por hoje não sintas raiva;
- Somente por hoje honra teus pais, mestres e anciãos;
- Somente por hoje ganha a vida honradamente;
- Somente por hoje sinta gratidão por todo ser vivo.

   Pesquisas sobre reiki, utilizando ou não outras formas de terapias (complementares ou alopáticas), estão sendo feitas e provam a eficácia da técnica, tanto em animais como em seres humanos (GARÉ, 2008).
   Em uma tese de mestrado em medicina chegou-se a conclusão que a imposição de mãos feitas através de técnicas como o reiki, cura prânica, ou espíritas e cristãs, gera influências físicas (alterações fisiológicas) que podem promover a cura. (OLIVEIRA, 2003).
  Em outra pesquisa foram estudados os efeitos do Reiki na evolução de granuloma induzido pela inoculação do BCG em camundongos e também portadores de tumor ascítico de Ehrlich in vivo e in vitro. Havia nesse estudo 3 grupos de animais: controle (8), reiki A (9) e reiki B (9). Os animais do grupo controle não receberam nenhum tipo de tratamento. Os do grupo reiki A receberam aplicação de reiki por 10 minutos todos os dias, com uma distância de 30 cm. Os camundongos do grupo reiki B receberam manipulação e uma técnica diferente de Reiki. Os animais foram observados diariamente até o dia do óbito.  Os resultados apontaram que nos camundongos inoculados com BCG e tratados com reiki houve uma diminuição do edema de pata e os hamsters que pertenciam ao grupo reiki A apresentaram uma taxa de sobrevida maior que os dos outros grupos. (GARÉ, 2008).
  O tratamento com reiki é realizado através da imposição das mãos (transmissoras de energia), em 12 posições ou mais, de acordo com a necessidade da pessoa.
   As sessões duram em média 1 hora e podem ser realizadas diariamente, inclusive, mais de uma vez ao dia. A aplicação pode ser feita pelo próprio cliente, desde que o mesmo tenha feito pelo menos o nível I de Reiki.
  Essa técnica pode ser aplicada em seres humanos, animais, plantas, alimentos e ambientes (casas, escritórios, etc). Pode ser aplicado de forma direta (presencialmente) ou à distância (o que implica que a pessoa tenha, pelo menos, o nível II de Reiki).
  “Ao produzir efeitos à distância, o reiki comprova que o essencial não é a imposição de mãos, muito menos a posição das mãos ou o seu movimento. O essencial é a ação mental, que promove o equilíbrio energético, atuando na prevenção de doenças ou na restituição da saúde e do bem-estar”. (SALOMÉ, 2009)
 “O Reiki assim como outro método alternativo de tratamento tem sua base no sistema de autorresponsabilidade no qual o assistido é responsável por sua saúde. O terapeuta Reikiano dará suporte e apoiará o processo de equilíbrio, do qual a pessoa deverá participar ativamente”. (SALOMÉ, 2009)
   Em trabalho realizado por Chambers, Libby e Davidson (2000) citado por Salomé (2009), observou-se as seguintes vantagens na utilização do Reiki como alternativa terapêutica:
   - A aplicação do Reiki em cirurgia faz com que o paciente fique menos ansioso, mais calmo, relaxado e com menos dor;
   - O reiki não só aumenta seu vigor físico, fornecendo-lhe energia para trabalhar longos períodos, como também capacita o profissional [...]a manter a clareza mental e a estabilidade emocional, realizando o seu trabalho da melhor maneira possível;
   - O reiki faz com que o profissional [...]aumente a satisfação com o trabalho e restaure o que parece estar faltando no seu papel. Além disso, renova o entusiasmo do profissional pelo seu trabalho, ajudando a recriar a visão original que inicialmente o inspirou a escolher sua profissão.


Referências


GARÉ, Ricardo Rodrigues.  Efeitos do reiki na evolução do granuloma induzido através da inoculação do BCG em hamsters e dor tumor ascítico de Ehrlich induzido em camundongos. 2008. 62f. Dissertação (Pós-graduação em Patologia Experimental e Comparada) – Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

OLIVEIRA, R.M.J.  Avaliação de efeitos da prática de impostação de mãos sobre os sistemas hematológico e imunológico de camundongos machos. 2003. 95f. Dissertação (Mestrado em Ciência Médicas) – Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: <http://www.amegoias.com.br/artigos/bancoteses/Disserta_Oliveira_RMJ.pdf>. Acesso em: 19 ago. 2012.

SALOMÉ, Geraldo Magela. Sentimentos vivenciados pelos profissionais de enfermagem que atuam em Unidade de Terapia Intensiva após aplicação do Reiki. Rev. Saúde Coletiva, s.l., v. 28, n. 6, p. 54-58, mar. 2009. Disponível em: <http://redalyc.uaemex.mx/pdf/842/84202805.pdf>. Acesso em: 19 ago. 2012.

SANTOS, Aline Carrara dos. O cuidado transdimensional através do reiki e dos florais de Bach, numa unidade básica de saúde. 2005. 121f. Trabalho de Conclusão de curso (Graduação em Enfermagem) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

TEIXEIRA, Francisca Niédja Barros. Reiki: religião ou prática terapêutica? Rev. Horizonte, Belo Horizonte, v. 7, n. 15, p.142-156, dez. 2009. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/P.2175-5841.2009v7n15p142/2494>. Acesso em: 19 ago. 2012.


Fonte:
Imagem: ACTO

domingo, 28 de outubro de 2012

Curso de Bambuterapia

Turma do Curso de Bambuterapia Corporal e Facial


   Aconteceu no último sábado (27/10/2012) o curso de Bambuterapia Corporal e Facial na Vitta Cosméticos.

  Agradeço a todos os participantes pela troca de conhecimentos e disposição. Foi um dia muito agradável e divertido.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Massagem com bambu ou Bambuterapia



  Cada vez mais as pessoas têm buscado tratamentos estéticos e massagens, seja pela própria preocupação com a sua beleza ou pela necessidade de amenizar o estresse e promover bem-estar físico e mental.
  Por conta disso, as terapias complementares (chamadas antigamente de alternativas) vêm ganhando espaço em SPAS, hotéis, salões de beleza, clínicas médicas e fisioterapêuticas; levando em consideração o indivíduo como um todo.
  Dentre essas terapias, a bambuterapia (ou bamboo massage) vem sendo bastante procurada pelas pessoas e veiculada na mídia, principalmente por sua ação modeladora corporal.
   Há milhares de anos o bambu vem sendo utilizado em rituais para “capturar a energia da vida” ou em ritos de fertilidade.
   Em inglês, o bambu é chamado de Lucky Bamboo (bambu da sorte), e por isso, muitas pessoas acabam colocando essa planta dentro e fora de casa, para trazer sorte. De acordo com o Feng Shui, o bambu simboliza a harmonia entre dois elementos fundamentais: a madeira e a água (força e flexibilidade ao mesmo tempo). São intenções e qualidades preconizadas pelo Feng Shui e trabalhadas com o bambu na decoração: a proteção, sabedoria, humildade, constância, suavidade e sorte.
   Uma vez que o bambu se verga quando há tempestade ou vento (se adapta e muda, mas não quebra), também está atrelado a ideia de flexibilidade. Além disso, simboliza saúde e vida longa, pois sua força e resistência aumentam com o passar dos anos (o bambu transmite uma mensagem de durabilidade), pois vive cerca de 100 anos.
   Apesar do bambu estar fortemente ligado a símbolos do Oriente (China e Japão, principalmente) a técnica de bambuterapia foi criada por um fisioterapeuta francês chamado Gill Amsallem em 2003.
   Sua intenção era criar uma massagem relaxante em que os bambus (de diferentes tamanhos e larguras) fossem prolongamentos dos dedos e braços do terapeuta, possibilitando alcançar todas as regiões corporais, proporcionando menos desgaste para o profissional e maior pressão para o cliente. A princípio, sua intenção não era que a bambuterapia fosse utilizada com finalidade estética, mas sim terapêutica.
   A massagem com bambus associa diferentes técnicas em sua prática como: shiatsu, isometria e reflexologia; sendo realizada em diversas partes do corpo, inclusive na face.
   A partir de 2006 a técnica chegou ao Brasil, graças à participação de Gill no Congresso de Estética realizado na cidade do Rio de Janeiro.
   Desde então essa massagem vem ganhando cada vez mais adeptos, principalmente mulheres que querem ter seus corpos modelados e que observam redução de medidas ao vestir suas roupas, depois de iniciadas as sessões com bambuterapia.
  Os bambus, aplicados de forma correta em sentido, pressão, direção, velocidade e manobras, proporcionarão:

- Melhora da circulação sanguínea e linfática;
- Facilita o retorno venoso;
- Melhora a oxigenação e a nutrição tecidual;
- Auxilia na liberação de aderências;
- Promove alívio da dor;
- Proporciona relaxamento;
- Alivia a tensão e ansiedade;
- Auxilia na desintoxicação do organismo;
- Promove relaxamento e tonificação muscular;
- Aumenta o peristaltismo intestinal;
- Melhora a permeabilidade dos ativos cosméticos utilizados.

   * Indicações da bambuterapia:

   A massagem com bambus pode ser feita em crianças a partir de 10 anos, idosos e grávidas (respeitando os 4 primeiros meses e evitando manobras fortes na região abdominal e lombar) e desde que os mesmos não apresentem nenhuma contraindicação à técnica. É indicada nos seguintes casos:
- Tratamentos estéticos corporais (celulite/FEG, edema, gordura localizada e flacidez muscular);
- Tratamentos estéticos faciais (envelhecimento, linhas de expressão, cansaço, flacidez muscular);
- Tratamentos massoterápicos (nódulos de tensão, pontos gatilho, fibromialgia, etc);
- Promover desintoxicação;
- Aliviar o estresse e ansiedade;
- Harmonização energética (através dos pontos de acupuntura e reflexologia).

   
   * Contraindicações da bambuterapia:

- Inflamações/infecções agudas (inclui febre);
- Hipo ou Hipertensão descompensada;
- Hipo ou Hipertireodismo descompensado;
- Insuficiência cardíaca ou renal;
- Fraturas, lesões e feridas abertas;
- Doenças de pele;
- Trombose;
- Varizes;
- Câncer;
- Pós-cirúrgico;
- Metrorragia (menstruação abundante);
- Gestantes (antes do 4° mês).

   Com a massagem com bambus, é possível realizar tratamentos corporais (massagem relaxante e modeladora) e faciais (massagem relaxante, lifting e shiatsu), uma vez que essa é uma massagem bastante completa e eficiente, beneficiando o corpo e a mente e proporcionando momentos de relaxamento e bem-estar.

   Quer aprender a fazer essa potente massagem? No dia 27/10/2012 estarei ministrando o curso. 
   Para maiores informações, clique aqui.


Referências


CALVI, Eliziane Nitz de Carvalho; RODRIGUES, Paula Andreotti; GELSI, Thaís Andreotti. Bambuterapia. São Caetano do Sul, SP: Yendis Editora, 2009. 156 p.il.

KAFER, Micheli. Dossiê Bambuterapia HLDG: os efeitos da bambuterapia associada ao óleo vegetal de semente de uva para o tratamento de lipodistrofia ginóide. Revista Personalité: a estética com ciência. São Paulo, n.61, ago. 2011. Disponível em: <http://www.revistapersonalite.com.br/dossie_bamboo_hldg.php>. Acesso em: 31 out. 2011.

LEANDRO, Silvia. Bambu: matéria prima do futuro. Revista Habitare, Sorocaba, n. 24, 2009. Disponível em: <http://www.revistahabitare.com.br/ecologia/bambu-materia-prima-do-futuro/23>. Acesso em: 29 nov. 2011.

LIMA, Paula. Drenagem Linfática com Bambu. Disponível em: <http://boaforma.abril.com.br/beleza/corpo/drenagem-linfatica-bambu-594390.shtml?pagina=0a>. Acesso em: 21 out. 2012.

MARCUZZO, Miquela. Bamboo Massage. Florianópolis, 2010. Apostila do curso livre de Bamboo Massage do Instituto Fisiomar.

MASSAGEM com bambu: rosto e corpo. Regina Holzman. Atibaia, SP: Belezain.com.br, 200?. 1 DVD.


PSENDZIUK, Cristiana B. Bambuterapia Facial. Revista Personalité: a estética com ciência. São Paulo, n.50. Disponível em: <http://www.revistapersonalite.com.br/bambu_facil_50.php>. Acesso em: 29 nov. 2011.

RAMOS, Tessy. Bamboo Massage. Revista Estética Viva. Lisboa, n. 56, jan./fev. 2008.

________. Bambuterapia. Revista Saúde e Bem-Estar. s. l., n.169, maio 2008.

RODRIGUES, Fernanda Barreto. Manual prático para massagem com bambus. In: Belezain. Disponível em: <http://belezain.inter7.com.br/modulo_inteiro.php?cod=406>. Acesso em: 31 out. 2011.

VENTURA, Cris. Bambus e Feng Shui. In: Canto do Feng Shui: viver, cuidar, morar. Disponível em: <http://www.cantodofengshui.com/2011/11/bambus-e-feng-shui.html>. Acesso em: 29 nov. 2011.


Fonte:
Imagem: Kalmindon